Segurança em primeiro lugar nos produtos Aribex

Normalmente, os sistemas de raio X, geram radiação dispersa quando são acionados. A retrodifusão da radiação à mandíbula de um paciente, pode refletir no operador ou em outras partes do corpo do paciente. Por isso, são geralmente utilizados aventais de chumbo e/ou protetores de tireoide para proteger o paciente, e, para proteger o operador, os aparelhos de raio X convencionais são operados remotamente.

No entanto, o NOMAD foi concebido a pensar na segurança. Um escudo de retrodifusão externo exclusivo e um protetor de radiação interna, mantêm o operador protegido da exposição à radiação. De facto, a exposição gerada ao se utilizar o NOMAD, tem uma magnitude menor do que o permitido pelas autoridades reguladoras. A exposição à radiação pelo NOMAD é inferior a um por cento das doses ocupacionais permitidas. O NOMAD é seguro.

  1. Padrões de proteção contra radiação, 10 CFR 20 (US Federal Standards), 1994 (consulte também NCRP Report No. 116)
  2. NCRP Report No. 145 (National Council on Radiation Protection and Measurements), p7-9
  3. “Estimated Cosmic Radiation Doses for Flight Personnel”, Feng YJ et al, Space Medicine and Medical Engineering, 15(4) 2002, p265-9
  4. A média normalizada pressupõe 7200 exposições por ano; a duração média para o D-Speed = 0,5 segundos, F-Speed = 0,25 segundos, sensor digital = 0,2 segundos
  5. Referências adicionais: Limite da dose ocupacional: Suggested State Regulations for Control of Radiation (SSRCR, Sugestões de regulações estatais para controle de radiação), Seção D.1201; Limite da dose ocupacional exigindo dosimetria: SSRCR, Seção D.1502; Limite da dose para o público geral: SSRCR, Seção D.1301

Estudos e Relatórios

Folheto de segurança do NOMAD
Para baixar uma cópia do Folheto de Segurança NOMAD, clique aqui.
NOMAD – Estudo de dosimetria
Para baixar uma cópia de Comparação de qualidade de imagem e dose de radiação para radiografia intraoral: sistemas portáteis a bateria em comparação aos sistemas de raio X convencionais clique aqui.

Como funciona?

Como mencionado, o NOMAD emprega um protetor de retrodifusão externo para proteger o operador contra a radiação refletida. Este protetor produz uma zona de proteção em forma de cone que se estende por trás dele. Na posição em que o operador se encontra, a zona tem um diâmetro de mais de 6 pés (1,83 m), o suficiente para proteger seu corpo inteiro. Além disso ,a proteção contra radiação interior do NOMAD garante que o vazamento da fonte de raios x seja virtualmente eliminado, protegendo as mãos do operador e outras áreas próximas ao dispositivo.

Quanta exposição é demais?

A radiação está ao nosso redor, o tempo todo. Ela varia de acordo com seu estilo de vida e onde você vive. Clique aqui para saber quanta exposição você recebe na vida cotidiana.

A dose média, por pessoa, proveniente de todas as fontes, é de aproximadamente 360 ​​mrems por ano. As normas internacionais permitem a exposição de até 5000 mrems por ano para aqueles que trabalham com e próximos a material radioativo. Isso significa que o NOMAD, mesmo com uso frequente, resulta em uma exposição mínima para o operador.

Entre em contato com a Aribex para saber mais sobre como os sistemas portáteis de raio X NOMAD podem melhorar o seu nível de atendimento ao paciente.